RYODORAKU

A acupuntura chinesa foi levada para a Coréia e para o Japão há muitos séculos. Historiadores japoneses contam que isto ocorreu no ano 265 da nossa era.

Em 984, o médico japonês Tamba Yasuyori publicou o ISHINPO, um dos mais antigos livros de medicina do Japão, no qual descreve a prática da acupuntura. Porém, a eletroacupuntura propriamente dita somente teve seu início como científica no meado do século passado, com os estudos do Dr. Yoshio Nakatani, M.D., P.h.D, da Universidade de Kyoto, no Japão.O Dr Nakatani empreendeu esforços para estudar e avaliar a acupuntura do ponto de vista do Sistema Nervoso Autônomo, obtendo como

resultado, após 20 anos de investigações, uma aproximação objetiva e científica da acupuntura conhecida hoje como Sistema Ryodoraku.

Em 1950, o Dr. Nakatani efetuou medições da resistência elétrica da pele - com um aparelho de 12 Volts de corrente contínua - no abdômen, peito e no corpo em geral de pacientes com edema generalizado por nefritis. Ele descobriu toda uma série de pontos, com uma eletrocondutividade mais alta que os das áreas circundantes e que se distribuíam por todo o lado médio do peito, atravessavam o abdômen e a parte interna da extremidade inferior, até chegar à planta do pé de forma simétrica dos lados direito e esquerdo do corpo.

Então, ele checou este fenômeno com muito cuidado em outros casos de infecções renais e observou um padrão de similaridade. Entretanto, este padrão não era observado em pessoa sã, somente em pessoa com problemas renais.

Isto marcou o começo do Ryodoraku. Estes pontos foram denominados de Ryodoten - pontos de boa eletropermeabilidade - e a linha de conexão dos Ryodotens foi chamada pelo Prof. Sasagawa - instrutor do Dr. Nakatani e professor de fisiologia da Universidade de Kyoto - de “Ryodoraku”, o que significa linha de boa eletrocondutividade.

Depois disto, ele checou várias enfermidades de diferentes vísceras de igual maneira, e reconheceu que uma correspondência Ryodoraku existia para o clássico meridiano do pulmão quando apareciam problemas pulmonares, uma correspondência Ryodoraku existia para o clássico meridiano do estômago quando aparecia uma enfermidade estomacal. Assim, o fenômeno Ryodoraku pôde ser reconhecido em todos os meridianos clássicos quando eles apresentavam enfermidades ou estavam alterados.